segunda-feira, 15 de julho de 2019

A Evolução Espiritual



Deus criou todos os espíritos simples e ignorantes, sem maldade e sem saber, ou seja, sem conhecimento para que os adquirimos à medida que reencarnamos.

Os Espíritos, na sua origem, se assemelham a crianças, ignorantes e sem experiência, mas adquirindo pouco a pouco os conhecimentos que lhes faltam, ao percorrer as diferentes fases da vida. Vocês já viram uma criança logo após o nascimento? Logo que a criança nasce ela já tem vários obstáculos a vencer, o primeiro deles é aprender a respirar, depois em seguida ela aprende a se alimentar, a andar e assim por diante.

E foi assim conosco também, Deus em sua sabedoria e Justiça nos criou espíritos simples sem conhecimentos, e para chegarmos até aos conhecimentos que já adquirimos hoje, reencarnamos muitas vezes em muitos mundos.

Os Espíritos mesmos se melhoram pelo seu esforço e aprendizado; melhorando-se, passam de uma ordem inferior para uma superior, como passar de ano, do jardim de infância até a faculdade.

Portanto, nossas primeiras reencarnações foram como de crianças ignorantes e inexperientes, e só com o tempo adquirimos conhecimento (inteligência) e moralidade (virtudes).

Para adquirir (inteligência) e moralidade (virtudes) dependerá sempre da vontade e do esforço de cada um em colocar em prática os conhecimentos adquiridos, razão porque uns progridem mais rapidamente que os outros. Se uma criança rebelde se conserva por mais tempo assim, outra mais dócil e dedicada se instrui mais depressa.

Seja qual for à situação do Espírito, Deus lhe dará sempre novas oportunidades de recomeçar o seu aprendizado. Esse é o objetivo de reencarnarmos, acumular o conhecimento, desenvolver a inteligência e os sentimentos, isso é evoluir. E Deus quer que nossa perfeição seja o resultado de nossos próprios esforços.

Progressão equivale à evolução, portanto, a progressão dos espíritos é a soma de conhecimentos e virtudes adquiridos pelo Espírito em cada uma de suas diversas encarnações.

Fonte: Evangelização Espírita, por Simone Anastácio

terça-feira, 9 de julho de 2019

Aprendendo a Canção: Evangelizar é Amar

“Em tempos de mudanças e de tantos acontecimentos em nosso dia a dia, não paramos para analisar o significado de algumas de nossas ações... Mas isso se faz necessário sempre! Uma ação que nos toca profundamente é ‘evangelizar’. É semear, construir, plantar um novo futuro. É acolher, amparar, direcionar corações ao amor ensinado por Jesus. É saber que há uma luz que nos guia e nos ampara nessa tarefa tão linda. Mas nenhuma definição tem um significado mais amplo e mais verdadeiro que esse: evangelizar é amar!”



Acompanhe a letra da canção:


EVANGELIZAR É AMAR


Vem pra evangelização
Cuidar dos nossos irmãos
Nesta tarefa de luz

É o amor que nos conduz
A seguir as lições de Jesus
No rumo da luz

Tarefa sublime do mais puro amor
Tarefa sublime do mais puro amor
Evangelizar é amar
Evangelizar, Evangelizar,
Evangelizar é amar

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Uno



Divirta-se com o clássico jogo de cartas “Uno”, numa versão online para jogar com o computador.

Clique na imagem para jogar.

quarta-feira, 3 de julho de 2019

As Virtudes e a Evolução do Espírito



Virtude é tudo aquilo que ajuda na evolução. Vício é tudo aquilo que atrasa a evolução.

Virtude é tudo aquilo que definitivamente adquirimos, jamais deixamos de possuir. Assim, não perdemos paciência, fraternidade, amor, caridade, tolerância, idealismo, determinação, coragem e outras tantas conquistas nobres e sublimes, quando realmente as detemos.

A vida na Terra é valiosa oportunidade de aprendizado. Retorna o Espírito para a vida física, vestindo nova roupagem carnal, trazendo no bojo da reencarnação os propósitos de crescimento interior.

A evolução se faz gradualmente, através de sucessivas existências, em diversos tipos de mundos. A vida do Espírito, pois, se compõe de uma série de existências corpóreas, cada uma das quais representa para ele uma ocasião de progredir, do mesmo modo que cada existência corporal se compõe de uma série de dias, em cada um dos quais o homem obtém um acréscimo de experiência e de instrução. Mas, assim como, na vida do homem, há dias que nenhum fruto produzem, na do Espírito há existências corporais de que nenhum resultado colhe, porque não as soube aproveitar.

Referencias:
Evangelização Seara do Mestre (aula Virtudes)
Passatempo Espírita (Dinâmica Evolução)

segunda-feira, 1 de julho de 2019

O Livro da Gratidão



Sinopse do livro:

Com cores vibrantes e mensagens o autor nos faz pensar sobre os pequenos detalhes da vida pelos quais devemos ser gratos.

Autor: Todd Parr

sábado, 29 de junho de 2019

Oração do Aprendizado



Senhor!

Se eu magoar, ofender com minhas palavras
Ensina-me o valor do silêncio.

Se eu mentir, enganar, lembra-me de que tudo
o Senhor vê e sabe.

Se eu cobiçar, invejar, que essa inveja
se transforme em perseverança
para que eu alcance meus próprios méritos.

Se eu desejar o mal
Lembra-me, que o mesmo, a mim retornará.

Se houver sofrimento hoje
Que ele se torne o aprendizado de amanhã.

E se eu desanimar, e pensar em desistir
Lembra-me, de que estamos longe
de sermos perfeitos, e que mesmo assim
o Senhor nos ama e jamais nos abandona.

Amém.

Oração Espírita

terça-feira, 25 de junho de 2019

Viver o Presente



Um homem conversava com um ancião. O primeiro perguntou ao idoso qual era o segredo para se tornar sábio. O ancião lhe disse uma coisa muito simples. Ele contou que o essencial é viver o momento presente.

O ancião explicou ao homem que, quando come, ele simplesmente come; quando dorme, simplesmente descansa; quando conversa com outra pessoa, ele se dedica a fazer exclusivamente isso.

Mas eu também consigo fazer isso mesmo sem ser um sábio – o homem respondeu.

Acho que não – disse o sábio ancião. -Quando você dorme, está pensando nos problemas que teve ao longo do dia. Quando come, pensa no que vai fazer mais tarde. Enquanto você conversa comigo, pensa no que vai me perguntar ou responder antes que eu termine de falar.

O segredo – concluiu – reside em estar consciente do que fazemos no momento presente e, assim, aproveitar cada minuto do milagre da vida.

Conto Budista

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Finalidade das Múltiplas Encarnações



Reflexões:

Deus é justo?
Sim. Todos aqueles que acreditam na existência de um ser criador de todas as coisas, admitem que Ele é perfeito e possui todas as virtudes.

Por que Deus impõe as encarnações?
“Deus lhes impõe a encarnação com o fim de fazê-los chegar à perfeição. Para uns, é expiação; para outros, missão. Mas, para alcançarem essa perfeição, têm que sofrer todas as vicissitudes da existência corporal: nisso é que está a expiação. Visa ainda outro fim a encarnação: o de pôr o Espírito em condições de suportar a parte que lhe toca na obra da criação...”

Finalidade da encarnação:

1º A primeira diz respeito ao indivíduo, cuja meta é chegar à perfeição e para isso necessita passar pela experiência encarnatória. A reencarnação é fator indispensável ao progresso espiritual.

2ª A segunda relaciona-se com o bem coletivo e o progresso do planeta, que requer, para atingir seu objetivo, a participação daqueles que nele vivem.

Como pode a alma acabar de se depurar?

Na questão 166 de O Livro dos Espíritos foi registrada a resposta: "Submetendo-se à prova de uma nova existência", isto é, reencarnando. Expiação, melhoramento progressivo da Humanidade, eis o objetivo das múltiplas existências corpóreas.

Nos livros psicografados por Chico Xavier, novas informações sobre a importância da reencarnação na formação da família e na reconciliação de pessoas que enfrentaram problemas no passado, desvendam a necessidade das múltiplas encarnações, além de ser a oportunidade de uma estação de tratamento e cura de certas enfermidades que costumam reclamar, às vezes, várias estações sucessivas.

A reencarnação, longe de ser um castigo imposto pelo Criador, é uma bênção e uma ferramenta indispensável para que possamos atingir a meta para a qual fomos criados, ou seja, a perfeição.

A finalidade de reencarnarmos é continuar o caminho evolutivo interrompido com o desencarne do corpo físico, ou seja, evoluir espiritualmente. Isto é, curar nossas inferioridades primeiramente, nos harmonizarmos com espíritos conflitantes em segundo lugar e, por último, dar bons exemplos.

Pouco proveito faremos da nova oportunidade de uma encarnação para evoluir, se não curarmos as nossas inferioridades, ou seja, sentirmos menos raiva, menos irritação, menos impaciência, entre tantos outros sentimentos inferiores que nos afligem e que muitas vezes, não é tarefa fácil, controlá-los e vencê-los.

Nem sempre aproveitamos a encarnação atual de forma satisfatória, pois muitas pessoas só pensam em “aproveitar o tempo” pensando que a vida é um passatempo.

Esquecemos que viemos para a Terra a fim de nos melhorarmos, curar nossos medos, fobias, sentimentos inferiores. Damos maior importância às aparências, bens materiais e deixamos de cuidar de nossa mente e espírito. Somente quando a dor nos chega, revemos esses aspectos deixados de lado e que são de extrema relevância.

Cuidar de nosso corpo também é importante, pois é a morada de nossa consciência, o veículo pelo qual seguimos na jornada evolutiva, a qual devemos respeito e cuidados.

Outro fator que dificulta nossa jornada evolutiva é o fato de nos fazermos de vítimas das situações, encontrando culpados para justificamos nossos sentimentos e emoções inferiores.

A família é a união de espíritos unidos por laços anteriores à atual encarnação e de afinidade. O que nos acontece nesta atual encarnação é consequência de como “agimos e sentimos” em outras existências, isto é, de acordo com nosso merecimento. Além disso, os atuais pais, irmãos e pessoas próximas foram escolhidos por nós antes de voltarmos à Terra, a fim de nos auxiliar na jornada evolutiva.

Como iríamos curar nossa raiva, por exemplo, se não sabemos que temos que curar este sentimento, se ninguém nos faz sentir raiva? Somos seres imperfeitos, alunos repetentes e precisamos purificar e melhorar nosso espírito.

Encarnamos diversas vezes, até séculos, a fim de curar um sentimento inferior. E normalmente, os sentimentos inferiores são os mais fortes, mais difíceis de dominar, pois podem estar conosco há séculos, milênios, talvez. Assim, se sentimos raiva, viemos curar a raiva, se sentimos carência, viemos curar a carência, se sentimos medo, viemos curar medo e, assim por diante.

É por isso que estamos aqui encarnados, neste momento tão importante e, quando começamos a entender a razão dos acontecimentos, pessoas e situações presentes à nossa volta, sem nos fazermos de “vítimas”, a jornada evolutiva se torna mais leve e feliz e nos tornamos pessoas mais conscientes e despertas para as necessidades da alma.

Reflexões:

· DEUS JAMAIS IMPÕE SOFRIMENTOS A QUEM QUER QUE SEJA, E NINGUÉM SOFRE SEM MERECER.
· DEUS NUNCA PUNE NINGUÉM.
· NÓS MESMOS NOS PUNIMOS, ATRAVÉS DE AÇÕES ERRADAS

Fonte: Evangelização Espírita Infanto-juvenil Marita Pianaro

sábado, 15 de junho de 2019

Reflexões de Meimei



Deus é nosso Pai.
Somos irmãos uns dos outros.
Jesus é o Divino Mestre que Deus nos enviou.
A oração é o meio imediato de nossa comunhão com o Pai Celestial.
Nossos melhores pensamentos procedem da inspiração do Alto.
A presença de Deus pode ser facilmente observada na bondade permanente e na inteligência silenciosa da Natureza que nos cerca.
Devemos amar-nos uns aos outros.
A voz divina pode ser reconhecida nos bons conselhos.
Sempre que ajudarmos, seremos ajudados.

Meimei – do livro Pai Nosso, de Francisco Cândido Xavier.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Homenagem a Antônio de Pádua


Oração Devocional a Antônio de Pádua


Antônio de Pádua,

O vosso inefável amor ao evangelho
Fizeste de vós um dos maiores
Modelos de virtude cristã.

O vosso glorioso apostolado lançou
No bom solo dos corações da gente
O gérmen da genuína fé
E da alegria de seguir
Infatigavelmente servindo a Jesus.

Os vossos maravilhosos dons,
Nos inspira.
As vossas abençoadas prédicas,
Nos guia.
A vós, com toda nossa devota gratidão
Rogamos por paz e luz em nossos dias.

Salve digníssimo Mestre, Antônio de Pádua!

Glauco (Espírito)

Por Carlos Pereira, em 12/06/2019.

domingo, 9 de junho de 2019

Aprendendo a Canção: Abraço a Jesus

Promover o ensino do evangelho de Jesus através da sensibilização pela música para crianças é a proposta desse projeto musical de autoria de João Gualberto Jr, músico e jornalista e sua esposa Aline Labatte, também jornalista e evangelizadora infantil. A canção “Abraço a Jesus” ensina que o valor do bem realizado é o mesmo que um abraço a Jesus.


sexta-feira, 7 de junho de 2019

Ditado Virtual: Planetas do Sistema Solar



Teste o seu conhecimento. Ouça a descrição e tente acertar o nome do planeta. Cada acerto você acumula um ponto em seu placar.

Clique na imagem para jogar.

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Pensamento e Vida

Aula completa de evangelização infantil em formato de slides que incluem vídeos, atividades e muita música com o tema, "Pensamento e Vida" lecionando a importancia do pensamento em nossa vida.

sábado, 1 de junho de 2019

O Catador de Pensamentos



Sinopse do livro:

Este livro conta a história de um velhinho chamado Sr. Rabuja que todas as manhãs percorre as ruas recolhendo todo o tipo de pensamentos. Pensamentos bonitos, feios, barulhentos, silenciosos, inteligentes, bobos, compridos, curtos. O Sr. Rabuja planta os pensamentos, que se transformam em flores e depois saem voando, colorindo o céu. Ele faz isso para que os pensamentos se renovem e, assim, nunca deixem de existir.

É um livro encantador pelas imagens e a forma como a história é conduzida, a partir do momento que o personagem busca, através de sua simplicidade, ajudar o próximo e levar um pouco de paz para as pessoas que precisam se libertarem de suas angústias. Super recomendável para adultos e crianças.

Autor: Monika Feth
Ilustrador: Antoni Borastynski
Editora: Brinque-Book; Edição: 1ª (1 de janeiro de 2017)

quinta-feira, 30 de maio de 2019

O Mapa do Tesouro


Saulo, naquela tarde, não queria ir à Evangelização Espírita Infantil. Sua mãe já havia explicado, inúmeras vezes, que eram lições valiosas, porém, naquele dia foi diferente: ela não disse nada.

Pouco tempo depois, chamou o filho e contou-lhe que havia um tesouro escondido em casa. Disse também que ele tinha uma hora para encontrar o tal tesouro, que por sinal era muito importante.

O garoto imediatamente, aguçado pela curiosidade, se interessou pela “caça ao tesouro”. Lembrou que a casa era grande, que haviam muitos lugares, que não sabia exatamente o que procurava e que o tempo era curto.

- Quando você encontrar, saberá que é o que procura - disse apenas a mãe.

Saulo começou, então, a busca pelo tesouro. No início foi divertido, mas em pouco tempo estava cansado. Distraiu-se aqui e ali, e quando viu, o tempo estipulado estava acabando.

- Não achei. Se eu ao menos tivesse um mapa...- reclamou choroso.

- Aqui está - disse a mãe, estendendo um papel que parecia um mapa, com o desenho da casa e um “x” indicando o lugar.

Assim, logo encontrou o tal tesouro; seguindo as orientações do mapa, cuidadosamente traçado por sua mãe.

O tesouro? Era um bilhete, que estava em uma caixa de papelão, junto com um livro espírita de histórias:

Você encontrou o tesouro! Mas entenda... A casa é o mundo; o tempo que você tinha para achar o tesouro representa a sua encarnação atual, que deve ser bem aproveitada. O tesouro é a evolução espiritual, objetivo de cada espírito ao reencarnar. Porém, para encontrar um tesouro é muito importante um mapa. A Evangelização Infantil é o seu mapa, pois proporciona lições importantes de como agir nas diferentes situações que você encontrará durante a vida. Siga o mapa, indo às aulas de Evangelização, que mostram o caminho do amor e da felicidade.

Com amor,
Mamãe

(Autor desconhecido)

terça-feira, 28 de maio de 2019

Oração pela Paz – Turma da Mônica

Uma oração ecumênica pela paz para jovens e crianças que faz parte do livro, “Meu Livro de Orações, da Turma da Mônica.


sexta-feira, 24 de maio de 2019

Minha nada Mole Encarnação: Fatos sobre Kardec

Em visita ao cenário original do filme Kardec, dirigido por Wagner de Assis e que já se encontra em cartaz nas telinhas de cinema do nosso país, Marina Miranda apresenta mais um dos episódios da série Minha Nada Mole Encarnação narrando fatos importantes e curiosos do codificador da doutrina espírita, Allan Kardec. No vídeo, acompanhe também a cenas inéditas da película.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

A Tua Luz



Descubra-se...
Há um mundo de luz dentro de ti
Esperando incansável a sua busca.
Deixe de lado a desesperança,
Abandone o ócio, a tristeza...
Não se deixe abater pelo tempo,
O tempo lhe aguarda o sol de um novo dia.

Revista-se de otimismo,
Banhe-se de paz!
A tua luz irá brilhar em seus pensamentos,
Se fará presente em tuas palavras
E por fim resplandecerá em tuas realizações.

Glauco

Por Carlos Pereira

sábado, 18 de maio de 2019

Quiz Meio-ambiente



Responda a esse quiz e mostre o que você sabe sobre a preservação do meio-ambiente.

Clique na imagem para jogar.

terça-feira, 14 de maio de 2019

Contributos para uma Nova Era



A transformação moral do planeta se dará pela nossa transformação interior e exterior, ou seja, pela mudança de hábitos e atitudes para com o nosso semelhante e também para com o planeta. Nenhuma conquista exterior será conseguida se não mudarmos intimamente; pois, é lá no íntimo onde estão instalados nossos hábitos ruins. Esses hábitos estão em nossos pensamentos, sentimentos e ações.

Os obstáculos para a nossa evolução são o egoísmo e o orgulho e surge na sociedade gerando crimes, guerras, violência, miséria física e moral, vícios de toda ordem, insensibilidade diante da necessidade alheias. E até que ocorra a regeneração no nosso mundo haverá dores físicas e morais, resultado dos sentimentos inferiores em nosso coração.

Mas nós encontramos muitas oportunidades de aprimoramento espiritual na Terra, é pelo estudo, pelo trabalho honesto, pela caridade e fraternidade que conseguiremos nos transformar.

Pelo estudo desenvolvemos a inteligência; pelo trabalho desenvolvemos os dons, ajudamos o progresso; pela caridade e o amor a Deus e ao próximo que transformaremos os sentimentos.

Portanto, cooperemos na transformação do planeta:

1. Pela nossa transformação moral – sendo benevolente, fazendo todo o bem possível; praticando a caridade moral e material; sendo fraternos e humildes, desculpando as ofensas, sendo pacífico; não tendo preconceito, não fazendo distinção de raças e nem de crenças nem de nacionalidades porque todos somos irmãos.

2. Pelo respeito à obra de Deus – Respeitando a natureza, preservando-a; reciclando o lixo, não jogando o lixo no chão, nas ruas; não cortando árvores desnecessariamente; cuidando das plantas; evitando o desperdício de água e luz.

Não basta não sujar, não poluir. É necessário proteger, preservar a Natureza, obra de Deus nosso Pai e Criador. Somente assim, mudando nosso sentimento e atitudes em relação ao próximo e toda obra divina é que transformaremos nosso planeta para um mundo melhor e feliz. E podemos aproveitar melhor esta existência dando apenas um passo: seguindo os exemplos deixados por Jesus.

Evangelização GECCAL

domingo, 12 de maio de 2019

Homenagem às Mamães




Oração das Mães


Senhor!

Abriste-me o próprio seio e confiaste-me os filhos do Teu amor.

Não me deixes sozinha na estrada a percorrer.

Nas horas de alegria, dá-me temperança.

Nos dias de sofrimento, sê minha força.

Ajuda-me a governar o coração para que meu sentimento não mutile as asas dos anjos tenros que me deste e adoça-me o raciocínio para que a minha devoção afetiva não converta em severidade arrasadora.

Defende-me contra o egoísmo para que a minha ternura não transforme em prisão daqueles que asilaste em meus braços.

Ensina-me a corrigir amando, para que eu não possa trair o mandato de abnegação que depuseste em meu espírito.

Nos minutos difíceis, inclina-me à renúncia com que devo iluminar o trilho daqueles que me cercam.

Senhor auxilia-me a tudo dar sem nada receber.

Mostra-me os horizontes eternos de Tua Graça, para que os desejos da carne não me encarcerem nas sombras.

Pai, sou também Tua filha!

Guia-me nos caminhos escuros, a fim de que saiba conduzir ao infinito Bem os promissores rebentos de Tua Glória.

Senhor, não me desampares!

Quando a Tua Sabedoria exigir o depósito de bênçãos com que me adornaste a estrada por empréstimo sublime, dá-me o necessário desapego para que eu Te restitua as joias vivas do meu coração, com serenidade e alegria, e quando a vida me impuser em Teu nome, o desprendimento e a solidão, reaquece minh'alma ao calor do Teu Caminho Celeste para que eu venere a Tua vontade para sempre.

Assim seja.

Meimei

Do livro: À LUZ DA ORAÇÃO Psicografia: Francisco Cândido Xavier

sábado, 11 de maio de 2019

Cartões para o Dia das Mães

Todo amor e carinho que você dedica à sua mãe fica muito mais especial quando vem através de coisas que nascem em você. Pensando nisso, escolhi essa dica de belos cartões que podem ser confeccionados com crianças, usando apenas papéis e pequenos artefatos que todos temos em casa. Agora é só acessar e usar a sua criatividade para alegrar o coração da sua mãezinha querida, nesse dia tão representativo para toda a família.

Para acessar, clique nas imagens.

terça-feira, 7 de maio de 2019

Aprendendo a Canção: Grão de Areia

Música espírita infantil Grão de Areia, hinário 2016 do Concrafas-PSE, que fala da autoaceitação, do respeito às diferenças, auxiliando ao desenvolvimento na criança da consciência da alteridade.


sexta-feira, 3 de maio de 2019

Amor às Plantas



As plantas ou vegetais fazem parte da natureza. Nos dias atuais, infelizmente o homem imbuído na sede de obter cada vez mais ganhos materiais, não vem respeitando os recursos naturais. No Brasil, por exemplo, boa parte da vegetação foi devastada devido a expansão das atividades humanas, sobretudo da atividade agrícola.

As plantas são muito importantes para a preservação da vida em nosso planeta, porque elas ajudam na purificação da atmosfera, nos fornece o oxigênio, nos dão alimento, medicamentos e também as flores que enfeitam os jardins. Elas atuam também no combate aos efeitos do aquecimento global.

Amar as plantas é proteger os seus galhos, flores e frutos. É molhá-las, caso estejam secas, cuidar da terra adubando. O contato com as plantas também traz benefícios para a saúde das pessoas, aliviando o estresse da vida urbana. Vocês viram quantas coisas boas, elas podem nos oferecer? Amar as plantas é também amar a natureza e amar a natureza é também amar a Deus. Então, que tal praticarmos o amor a Deus amando e respeitando às nossas plantas?

Carlos Pereira

quarta-feira, 1 de maio de 2019

O Planeta Acredita em Nós



Sinopse do livro

Pedrinho, um frequentador assíduo de bibliotecas, encontra um livro muito especial e, a partir daí, vive uma aventura inesquecível viajando por diversas regiões do planeta Terra, aprendendo sobre preservação do meio ambiente, sustentabilidade, diversos tipos de energia, novas tecnologias, etc. Para acompanhar essa viagem, o livro apresenta imagens impactantes da ação humana sobre a natureza, além de conter um glossário esclarecedor sobre os temas abordados.

Autor: Fernando Carraro
Editora: FTD

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Prece a Jesus



Senhor Jesus, meu eterno espelho,
Amigo Mestre e companheiro
Que meus passos ilumine
Que meus pensamentos conduza
Que minha vida guie
Que minha palavra produza.

Seja feita a Vossa Paz
Aqui na Terra como nas alturas
Glorificando o Amor de Deus,
Agora e sempre às criaturas.

Carlos Pereira

sábado, 27 de abril de 2019

Kids Tangram



Kids Tangram é um joguinho simples e divertido no qual você precisa descobrir onde encaixar as peças coloridas para montar as figuras. Encare esse desafio e faça muitos pontos.

Clique na imagem para jogar.

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Alma



É o que há de mais no mais
É da fonte toda a essência
É o que vem de fundo das coisas
E nos leva a transcendência

É o que anima o corpo da gente
É a mente do pensador
É o espelho que reflete meu ser
E que mostra o que sou

É portal de sentimentos
É sutil, transformador
É caminho de crescimento
Perfumando toda flor

É nascer um dia escravo
Renascer libertador
Reviver em plenitude
E ser luz espargindo amor.

Amara Luzia

Por Carlos Pereira