quarta-feira, 21 de junho de 2017

Chegou o Inverno!


Caracterizado como a estação com as temperaturas mais baixas, o inverno se entende de 21 de dezembro a 22 de março, no Hemisfério Norte; e de 21 de junho a 23 de setembro no Hemisfério Sul. O inverno tem início com o término do outono e antecede a primavera.

As noites são mais longas que os dias nas regiões onde é inverno, visto que a incidência de raios solares é menor nessa porção da Terra. Durante essa estação do ano, várias espécies de aves migram para outros locais com o intuito de fugir do frio.

Os países localizados na Zona Temperada do Norte (entre o Trópico de Câncer e o Círculo Polar Ártico) e na Zona Temperada do Sul (entre o Trópico de Capricórnio e o Círculo Polar Antártico) apresentam as quatro estações bem definidas, com invernos rigorosos, registrando baixas temperaturas.

O Brasil, por apresentar a maior parte do território na Zona Intertropical (próxima à linha do Equador), não possui as quatro estações bem definidas. O inverno é mais rigoroso nos estados da Região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Esses locais podem registrar temperaturas negativas, além da ocorrência de neve em determinados pontos.

Fonte: Brasil Escola

sábado, 17 de junho de 2017

A Criação do Universo


A Criação do Universo segundo a Ciência


“Os cientistas acreditam que o Sistema Solar foi formado quando uma nuvem de gás e poeira teve um distúrbio (talvez pela explosão das estrelas da proximidade - Supernova). Esta explosão fez ondas no espaço, que varreram a nuvem de gás e poeira. Esta varredura provocou um colapso, então a gravidade juntou os gases e a poeira, formando a nebulosa solar. Como um casal de dançarinos que gira muito rápido, tão rápido que empurra seus braços, a nuvem começou a girar. Esta nuvem foi tornando-se cada vez mais quente e densa no centro e tinha um disco de gás e pó ao redor, frio nas bordas”.

O disco ficou mais fino. Partículas começaram a grudar-se e formar torrões grudados a elas, eventualmente formando planetas e luas. Próximos ao centro da nuvem formaram-se planetas como a Terra, pois somente material rochoso podia ficar perto do calor muito forte. Materiais gelados ficaram em regiões mais externas do disco, como Júpiter.

Como as nuvens continuaram a cair, o centro continuou aquecendo e virou uma estrela, o Sol, e soprou a maioria dos gases e poeira do novo Sistema Solar.

O Sistema Solar tem aproximadamente 5 bilhões de anos (4.600.000.000).

Com o avanço das pesquisas, já se sabe, que existem outros planetas além do que já conhecemos, e já foram descobertas novas galáxias.

Podemos concluir pela infinidade do Universo tamanha a sua imensidão.

A Criação do Universo segundo a Doutrina Espírita


Deus é a causa primária de todas as coisas. Para a Doutrina Espírita, o Universo nasceu de uma substância primitiva chamada de fluido cósmico. O fluído cósmico é o início de todas as coisas ou também conhecida como matéria cósmica primitiva, como esclarece o Espírito Galileu, em mensagem transmitida na Sociedade Espírita de Paris.

Toda a criação foi acompanhada por Jesus e auxiliado pela Espiritualidade. Jesus é o responsável e protetor do planeta Terra.

Poderíamos comparar a Criação do Universo, com a construção de uma casa. O material usado nesta construção é a condensação do material espalhado pelo espaço (Livro dos Espíritos).

Fonte: Apostilas de Evangelização Espírita

terça-feira, 13 de junho de 2017

Aprendendo a Canção: Alô, Bom Dia!



Alô, Bom Dia!


Alô, bom dia
Oh como vai você
Um olhar bem amigo
Um alegre sorriso
E um aperto de mão
E a gente sem saber como e porque
Se sente feliz e sai a cantar a
alegre canção

Refrão..
Bom dia nada custa ao nosso coração
E é bom fazer feliz o nosso irmão
Por Deus se deve amar,
Amar sem distinção,
Alô, bom dia, irmão.

Saber dar um bom dia cheio de bondade,
Dizer bom dia com sinceridade
É dar sempre o melhor do nosso coração,
Alô, bom dia, irmão.

domingo, 11 de junho de 2017

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Era assim



Era uma brisa suave
Eram as flores dançando
Era uma nuvem de chuva
Eram borboletas voando

Era o dia dourado
Era o sol brilhando
Eram estrelas no céu
Era a noite chegando

Era o rio correndo
Eram os peixes nadando
Eram as ondas batendo
Eram barcos navegando

Eram os grãos na terra
Eram as árvores brotando
Eram os frutos na mesa
Eram os pássaros cantando

O que era é o que passou!
E será que assim será?
Se a gente não ama e preserva
Decerto que nada restará.

Amara Luzia (Espírito)
Psicografado por Carlos Pereira

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Dia Mundial do Meio Ambiente

Hoje é um dia para lembrarmos da saúde do nosso planeta. Um momento para refletirmos sobre o que temos feito e o que podemos fazer para contribuirmos para a preservação do nosso meio ambiente com as canções, “Semente”, de autoria de Dan Silva e “Sementinhas”, de Marcelo Serralva.




quinta-feira, 1 de junho de 2017

Minha Amiga Joanna de Ângelis


Nessa superaventura ao longo dos séculos, a veneranda Joanna de Ângelis e outros personagens ensina amorosas lições do evangelho de Jesus. Com belíssimas ilustrações, o livro traz em suas páginas além de grandes ensinamentos, jogos, atividades e passatempos.

Autor: Luis Hu Rivas
Gênero: Infantojuvenil
Editora: LEAL