quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Bilhete de Natal





















Meu amigo, não te esqueças,
pelo natal de Jesus,
de cultivar na lembrança a paz, a verdade e a luz.

Não olvides a oração
cheia de fé e de amor,
por quem passa, sobre a terra, encarcerado na dor.

Vai buscar o pobrezinho
e o triste que nada tem...
O infeliz que passa ao longe sem o afeto de ninguém.

Consola as mães sofredoras
e alegra o órfão que vai
pelas estradas do mundo sem os carinhos de um pai.

Mas escuta: não te esqueças,
na doce revelação,
que Jesus deve nascer no altar do teu coração.


Casimiro Cunha (Espírito)

Do livro, Antologia Mediúnica do Natal, Francisco Cândido Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário